Grupo Interartes

Esta é a página do Grupo de Pesquisa Interartes, ligado ao CNPQ, destinada a divulgação dos trabalhos científicos desenvolvidos pelos integrantes e parceiros do grupo, de nossas pesquisas e discussões em relação as artes em geral, cinema, video-arte; enfim, todos os processos criativos e intermidiáticos que nos cercam. O FOCO DO GRUPO SE ENCONTRA NOS ESTUDOS AUDIOVISUAIS E VISUAIS, ESTUDOS DO CORPO E DE PERFORMANCE E TEORIA E HISTÓRIA INTERARTES.

 

FOTOGRAFIA E PERFORMANCE - INTERVENÇÃO, PROJEÇÃO, INTERVENÇÃO CORPORAL.

FOTO-HÁPTICA: MARCIO PIZARRO / MIGUEL SISTO JR. / COLETIVO DE ARTISTAS DE JUIZ DE FORA


O Programa de Pesquisa Interartes tem como ponto de partida e de inflexão o desejo de estabelecer um novo meio e um novo modo de relacionamento acadêmico, envolvendo ensino, pesquisa, extensão, co-produção, pós-produção e interação.

O Programa tem como alvo mais abrangente a atuação em diferentes grupos de trabalho, como:

– Estudos de SCINESTESIA.

– Teoria, História e Historiografia da Arte e Interartes, Intermídias e Estudos de Performance.

-Teoria da Arte, Estética e Psicanálise. Relações Arte e clínica. Clínica do sensível, clínica utópica e clinica do devir. Estudos de memória: interfaces arte, história e psicanálise. Semiótica dos afetos.

-História da Música, Musicologia e Interartes. Música-dança, Música-teatro, Música-artes visuais. Imagem e som. Paradigma audiovisual. Instalação sonora.

– Estudos Audiovisuais e intermídias. Pintura, fotografia, cinema, vídeo, filme, paradigma audiovisual. Videoarte, videodança, videoperformance. Documental e ficcional. Audiovisual e memória.

-Estudos de Performance e História do Corpo. Performance, performance art, body art e embodied experience (embodiment). Escrituras do corpo, palavra performance, corpo e oralidade.

-Biografias, auto-biografias, etnografias, auto-etnografias nas artes contemporâneas. História biográfica e estudos de processos de criação. VIDOBRAS.

-Paisagem, Imersão e Arquitetura. Estudos de topologia, espaço, lugar, território, habitabilidade, memória. Artes espaciais e história. Arquiteturas performáticas. Habitar enquanto performance. SCINESTESIAS na vida cotidiana.Corpo e espaço. Cinema e arquitetura. Dança e arquitetura.

O Grupo Interartes possui parceiros nas cidades de Bauru – UNESP, BAURU, CURSO DE ARTES – e nas cidades de Uberlândia – LOFT DA IMAGEM / CINTIA GUIMARÃES – e Porto Alegre – PROJETO ORÉSTIA (REGÊNCIA DE MARCIO PIZARRO E PESQUISA E ATUAÇÃO DE PATI SOSO, MIGUEL SISTO JR, CASSIANO FRAGA E JUNIOR GRANDI, ARTISTAS PESQUISADORES QUE INTEGRAM O INTERARTES) e da atuação do artista plástico FRANTZ.

O INTERARTES é parceiro de outros grupos de pesquisa CNPq bem como de grupos de criação artística.

O INTERARTES também integra o ENGRUPE, grupo que reúne grupos de pesquisa em dança no Brasil, e, a ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA EM DANÇA – ANDA, através do seu pesquisador Marcio Pizarro Noronha.

No momento em que se encontra, o projeto interartes se ramifica e ganha dimensões e presença nas atividades cotidianas, pulsando e recodificando suas ações no âmbito de uma ético-estética, da lógica do desejo e dos modos de proliferação da arte na cultura. Assim, vamos conhecer os vários trajetos em abertura.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s